calfor.com.br

 

Grande parte das botas hoje, são feitas em Poliuretano (PU), que compreendem normalmente a área das solas e/ou entressolas do calçado, ficando entre os solados de borracha e a parte da palmilha.

 

Sua aplicação nos calçados é feita com o intuito de gerar leveza e flexibilidade, o que funciona, porém, a curto prazo.

No ramo químico, o PU é um polímero formado por cadeias de unidades orgânicas unidas por ligações uretânicas, o que o faz alvo do efeito denonimado Hidrólise.

 

O que é Hidrólise e como ela te afeta?

A hidrólise nada mais é que a quebra química das moléculas pela ação da água.

Nos calçados, esse efeito tem grande influência em seu tempo de vida. Com o decorrer do tempo, independente da frequência de uso, o solado, ou qualquer outra parte feita em PU, começa, literalmente, a se desintegrar e não há o que fazer para evitar isso, apenas atrasar seu acontecimento.

Em locais com altos níveis de umidade e altas temperaturas, o efeito se torna ainda mais rápido e corrosivo, dificultando a vida de quem está usando.

 

PU ≠ RECICLÁVEL

A reciclagem também é um fator preocupante quando falamos do polímero. Por ser um plástico termorrígido, sua taxa de reaproveitamento é 0 e seu descarte é feito somente através da queima, que é extremamente nocivo ao meio ambiente.

Rolar para cima